Como avaliar o preço de uma ação

Olá nobre guerreiro!

Quando falamos em investir em ações, algumas pessoas perguntam como avaliar o preço de uma ação para saber se é hora de comprar ou não? Existe uma corrente que diz que o preço não importa mas eu não sou dessa linha. Vou deixar algumas reflexões para que você também decida a linha que quer seguir.

Vamos ver neste post um pouco de como avaliar o preço de uma ação. Não veremos exatamente os cálculos mas sim a sistemática. Depois vou deixar a sugestão de um livro muito interessante que explica de forma simples, rápida e objetiva, os conceitos de como olhar para uma empresa e decidir quanto quer pagar por ela.

O preço de uma ação importa!

Como falei anteriormente, o preço de um ativo importa sim e muito! Algumas pessoas vão defender que no longo prazo o preço não vai fazer diferença porque tende a se diluir no tempo. Veja, temos que interpretar isso corretamente.

Quando você faz aportes constantes em um determinado ativo, independente do preço que ele está no momento, no longo prazo o preço médio vai tender a ser inferior ao preço do momento.

Isso acontece porque com aportes constantes, você vai comprar determinado ativo quando ele estiver com preços diferentes. Por exemplo, você vai comprar um ativo por R$ 10,00 e também quando ele estiver a R$ 20,00 e com isso o preço médio será de R$ 15,00.

Pronto! Isso é simples, é matemática pura no entanto, quando falamos que preço importa é porque um ativo pode estar mais caro do que realmente ele vale. É o preço que o ativo vale que temos que calcular antes de investir.

Para exemplificar que o preço importa, imaginem uma casa na beira da praia em Búzios, no Rio de Janeiro. Digamos que esta casa valha 2 milhões de reais. Este é o preço que uma casa grande vale na beira da praia em Búzios.

Supomos que uma pessoa receba esta casa de herança e precisa de dinheiro. Para vender rápido, vai vender mais barato, digamos que a 1,5 milhões. Perceba que a casa está mais barata do que o que realmente vale mas ela não deixou de ser uma casa na praia em Búzios, apenas está com ótimo preço.

Agora imagine que esta mesma casa esteja sendo vendida por 4 milhões. Neste momento, olhando as demais casas ao redor sendo vendida por 2 milhões, você vai dizer que esta casa está cara. Se você comprar por 1,5 milhões, você pode vender a 2 e ganhar 500 mil. Se comprar a 4 milhões, vai ter que vender a quanto para ter um lucro?

Esta lógica acontece também com as ações. Em um determinado momento uma empresa pode ser muito boa e estar com preço abaixo do que vale como também pode estar com preço acima do que vale.

Calculando quanto vale uma ação

Calcular exatamente quanto vale uma ação não é tarefa, digamos, tão exata assim. Tudo vai depender das premissas que você colocar. Você pode achar que determinada empresa terá um ótimos lucros porque está oferecendo um produto novo que todos querem.

Neste momento, para definir o quanto a empresa vale, você vai estimar, da sua cabeça, o quanto ela pode vender. Por este motivo o preço de um ativo varia bastante. Os resultados trimestrais também têm forte impacto no preço de um ativo.

Se a empresa que você escolheu vendeu muitos produtos, ela teve um lucro maior. Se teve lucro maior, ela fica mais interessante e passa a valer mais porque todo mundo quer comprar ela e ai o que acontece com o preço? Ele sobe.

Vamos dar o exemplo da Apple. Todo mundo sabe que o iPhone é um celular muito cobiçado no mundo todo. Quando a Apple lançou o iPhone, ninguém sabia se venderia tanto. Entretanto, quando a Apple lançou o iPhone 10, o preço das ações dispararam e por quê? Simplesmente por projetamos que eles iriam vender muitos iPhone e lucrar muito com isso.

Este é um exercício que você deve fazer sempre. Deve se perguntar se aquela empresa venderá muito do produto ou serviço ou não. Se você acredita que o produto é cobiçado e vai vender muito, compre as ações o quanto antes.

Mas este post não vai te ensinar exatamente como calcular o preço de um ativo porque requer um pouco mais de estudos do que apenas um texto. Precisamos entender algumas coisas a mais e este post preta-se apenas a dar um panorama de como os preços variam.

esquadrão pantera

Como saber se é melhor investir em ações ou em outra coisa?

Ao investir em ações você também precisa calcular o retorno esperado para saber se vai valer a pena investir em ações ou em outra coisa. Vamos fazer um novo exercício para saber se vale a pena ou não comprar ações.

Um dos investimentos mais seguros que podemos considerar são os títulos públicos. Consideramos seguros porque dificilmente o governo vai dar um calote. Mesmo que ele esteja quase quebrando, pode imprimir dinheiro. Vai gerar inflação mas vai sustentar os títulos público.

Então a lógica é a seguinte. Digamos que um título público brasileiro que aqui chamarei de TD (Tesouro Direto), te ofereça uma taxa de 6% ao ano. Resumindo, você colocar seu dinheiro em TD e ao final de um ano tem 6% a mais. Representando em números, você investe R$ 10.000 e no fim de um ano tem R$ 10.600. Nada mau não é? Até porque você não fez exatamente nada, só deixou o dinheiro lá.

Para investir em alguma coisa melhor você precisa ter um retorno acima de 6%, no mínimo. Se for pra correr risco colocando seu dinheiro em outro lugar que não o TD, esse lugar tem que te pagar mais. Pra quê deixar dinheiro em uma empresa que te retorne 4% ao ano se o TD retorna 6%?

E aqui entra novamente a avaliação de quanto vale uma empresa ou de quanto ela poderá valer. Se pegarmos na história de cada ativo, veremos o quanto eles cresceram no tempo. Existem empresas que há 10 anos crescem 10% ao ano. Essas são excelentes empresas para deixar seu dinheiro.

Itaúsa

Vamos ver o exemplo de uma ação muito boa chamada Itaúsa. Itaúsa é uma holding, ou seja, um conglomerado de empresas. Ela é composta majoritariamente pode ações do Itaú, porém existem outras empresas dentro dela.

reparem na imagem abaixo o crescimento de Itaúsa nos últimos 10 anos.

preço de uma ação

Como podemos perceber, a média anual dos últimos 10 anos foi de 9,8% reinvestindo os dividendos. Se você recebesse os dividendos e não reinvestisse, o retorno seria de 3,8%. Percebam que não há uma comparação com o TD mas o CDI representa a renda fixa. Neste caso, nos últimos 10 anos Itaúsa ganhou da renda fixa.

Só como um adendo, Itaúsa é considerada um dos melhores ativos na Bovespa.

A Fórmula Mágica de Joel Greenblatt

Joel Greenblatt escreveu o livro “The Little Book that Beats the Market, The Magic Formula”. No Brasil a tradução é “A Fórmula Mágica de Joel Greenblatt para Bater o Mercado de Ações.

Expliquei de uma forma bem sucinta o que este livro explica de uma forma um pouco mais ampla, porém prática. Joel Greenblatt traz exemplos simples que qualquer adolescente consegue compreender. Não existem fórmulas matemáticas nem outras mirabolantes. Ele apenas mostra como é a lógica de comprar uma ação a um preço mais barato.

O livro é baratinho e não chega a 150 páginas. De fácil leitura requer apenas um fim de semana para ser lido. O conteúdo vai ser muito útil para você que está em busca de investir em ações para a tingir a independência financeira.

Vou deixar aqui o link para quem quiser adquirir o livro. Basta clicar na imagem abaixo e você será redirecionado ao site da Amazon. Já adianto que vale muito a pena investir neste livro. Ele pode ser consultado de tempos em tempos para você sempre lembrar dos conceitos.

Considerações Finais

Vamos resumir: Só será vantajoso investir em ações se elas retornarem mais rentabilidade do que o TD. Para correr mais riscos, temos que ter mais retorno.

O preço de uma ação vai depender da expectativa futura das vendas dos seus produtos ou serviços. Se você acha que a empresa vai ter mais lucro no próximo trimestre, então o preço dela pode estar barato hoje, pois após ter lucro, o preço sobe.

O preço de uma ação importa, pois não queremos pagar mais do que algo vale. Se um carro vale 50 mil reais, não queremos pagar 60 mil reais nele mas se ele for vendido por 35 mil, está barato.

O livro, A fórmula mágica de Joel Greenblatt, vai te ensinar de maneira rápida de prática como avaliar uma empresa e quanto vale uma ação. Não deixe de ler!

Por enquanto é isso e se tiver alguma dúvida, não hesite em deixar nos comentários abaixo.

Ad Sumus!

2 thoughts on “Como avaliar o preço de uma ação

  1. Eu que não entendo nada de investimento em ações , consegui acompanhar o raciocínio. Muito interessante. Mas com o atual cenário que estamos vivendo na economia mundial será um bom momento para isso ? Só uma dúvida humilde rsrs

    1. Olá Tatiana. Na verdade o momento para comprar ações é aquele que parece ser o pior possível. É onde todos estão pessimistas e vendendo suas ações. O que precisamos fazer é selecionar boas ações para comprar de acordo com o cenário atual. Nesses momentos de crise surgem muitas oportunidades.

Leave a Reply