Dia da aviação de Patrulha

Vamos falar sobre ETF

ETF é mais um segmento de investimentos ao lado das ações e dos fundo de investimentos imobiliários. ETF também se enquadra em renda variável mas tem uma variação menor do que as ações. Eles existem em todos os mercados de investimentos no mundo e cada um tem uma particularidade diferente. Neste post vamos ver como são os ETF no Brasil.

Antes de continuar com a explicação, gostaria de parabenizar todos os nossos militares que atuam na aviação de Patrulha, pelo seu dia. Salve a Patrulha!

ETF – Exchange Traded Funds

ETF significa Exchange Traded Funds, ou seja, são fundos de investimentos comumente conhecidos também como fundos de índices. São chamados assim porque sua finalidade é seguir um índice de mercado. Entretanto, existem ETF que seguem estratégias de investimentos em determinados segmentos como veremos adiante.

Quando falamos que o ETF segue um índice é porque ele vai refletir a variação de algum deles. Por exemplo, temos o índice Bovespa que é composto por um conglomerado de ação. Esse índice varia de acordo com o preço dos ativos que estão dentro dele diariamente.

Os ETF são negociados em bolsa de valores normalmente como as ações e os FII. Geralmente não as corretoras não cobram corretagem para a compra mas sempre verifique se a sua corretora oferece esse recurso grátis.

ETF BOVV11 X iBov

Você não consegue comprar um índice mas consegue comprar um ETF que vai replicar a variação daquele índice. O ETF BOVV11 vai acompanhar o índice Bovespa, conhecido como ibovespa. No Brasil não temos tantos índices assim mas no exterior temos centenas.

Reparem na imagem abaixo que temos uma linha vermelha e outra em azul. Elas estão sobrepostas e quase não percebemos a diferença entre elas. A linha vermelha é a representação do ETF BOVV11 e a linha azul é o índice Bovespa.

ETF BOVV11

Se observar dentro do círculo azul, você vai ver uma pequena diferença na porcentagem entre as duas. Isso ocorre porque, apesar de o ETF seguir um índice, ainda assim há uma pequena diferença na posição dos ativos, dentro do ETF, que pode causar essa diferença na porcentagem.

Diferença entre ETF e Fundos de investimentos

Os ETF são negociados em bolsa de valores no Home Broke. Quando você quiser comprar um ETF, vai colocar o preço que quer pagar e esperar que alguém queira vender por aquele mesmo preço. Não há aumento de capital no ETF porque você comprou. Há troca de quantidades entre quem compra e quem vende.

Outra característica dos ETF é que eles possuem uma gestão passiva. Como já sabemos quais ativos compõe o iBovespa, basta agora comprar aqueles ativos na mesma proporção. Para isso, basta que um robô faça as compras e não precisamos de um gestor analisando cada ativo.

Já nos Fundos de Investimentos, temos um gestor que vai escolher os ativos juntamente com seus analistas. Quando você quer entrar em um Fundo de Investimento, o capital do Fundo cresce e o gestor tem mais dinheiro na mão para comprar mais ações.

Alguns gestores de Fundos são excelentes e conseguem um retorno muito maior do que um índice. No entanto, o risco também é maior. Na hora de investir em Fundos, você deve estudar bem quem é o gestor e quais as regras do fundo.

ETF

Vantagens do ETF sobre os Fundos de Investimentos

A primeira grande vantagem do ETF sobre os Fundos de Investimentos é a taxa de administração. Pelo fato de os ETF serem operados por robôs, o custo para essa operação é muito baixa. Nos ETF a média de taxa de administração é de 0,5%.

Já nos Fundos de Investimentos, como o gestor tem toda uma equipe estudando o ativo, a taxa é mais alta. A maioria dos fundos cobram 2% de taxa mais 20% de taxa de performance. Essa taxa de performance é atrelada a algum indicador como o CDI, por exemplo. Caso o Fundo tenha uma rentabilidade acima do CDI, o gestor vai descontar os 20% do que passar.

Outras duas vantagens são a praticidade e a transparência. Investir em um ETF é muito prático. Basta você comprar um único ETF e já estará investindo em várias empresas.

Já a transparência é outra grande diferença com os Fundos. Enquanto nos ETF você consegue saber diariamente a posição que as ações ocupam dentro do ETF, nos Fundos você tem que esperar 30 a 60 dias. Isso acontece porque as regras para os Fundos são assim. Um gestor não pode falar o que está comprando para não haver manipulação no mercado.

Desvantagens dos ETF em relação às ações

Uma grande desvantagem dos ETF em relação às ações é a tributação no ganho de capital. Enquanto nas ações você tem isenção de imposto nas vendas de até 20 mil reais no mês, nos ETF não existem essa isenção.

Digamos que você compra uma 10 mil reais de uma ação e após um tempo ela suba para 20 mil reais. Caso você venda no limite de até 20 mil reais mensais, você não paga imposto. Neste caso haverá um ganho real de 10 mil reais sem um único centavo em imposto.

Já nos ETF, mesmo que você venda sua parte com um lucro de apenas 500 reais, você tem que pagar imposto. Isso é muito ruim porque toda vez que quiser sair do ativo por achar que não vale mais a pena, terá que pagar imposto.

Outra desvantagem é que os dividendos das ações não sofrem tributação. No entanto, quando você investe em ETF, esses dividendos ficam dentro do ETF sendo reinvestidos. Neste caso você vai pagar 15% de imposto sobre os dividendos quando vender o ETF.

Mercado de ETF no Brasil

Como comentei acima, no Brasil o mercado de ETF é muito fraco. Além de ter poucas oportunidades, atualmente 26, ainda pagamos imposto sobre a venda. Veja abaixo parte da lista dos 26 ETF disponibilizados pela B3.

ETF no Brasil

Você vai encontrar vários tipos de ETF. Nesta lista temos ETF de renda fixa, renda variável, da novidade de criptomoedas e até de ESG que é o segmento das empresas que se preocupam com o social, ambiental e governança corporativa. No entanto, são apenas 26 no total.

ETF nos Estados Unidos

Enquanto no Brasil temos apenas 26 ETF, nos Estados Unidos temos mais de 4 mil ETF. São vários gestores e vários índices a serem seguidos. Também existem muitos ETF específicos no setor de tecnologia, semicondutores, ESG, robótica, mercados emergente dentre outros.

Quando investimentos em ETF no exterior, temos muito mais vantagens. Enquanto estamos deixando dinheiro em moeda forte e temos a possibilidade de investir em diversos setores, ainda temos uma vantagem tributária.

Lembro que no Brasil não temos isenção na venda do ETF com ganho de capital. No entanto, no exterior nós temos isenção nas vendas de até 35 mil reais. Os ETF entram nessa regra, então você pode ter até 35 mil reais somente de lucro e vender que não pagará imposto.

Existe o ETF IVV no Brasil que segue o índice SP500 dos Estados Unidos. No entanto ele é negociado em reais e não em dólar e não tem isenção de imposto na hora da venda.

Aviação de Patrulha

Como comprar ETF no exterior?

Se você se interessou pelos ETF no exterior e tem dúvidas de como comprar, fique sabendo que é muito fácil e nem precisa aprender inglês. Eu já fiz um post explicando como começar a investir no exterior. Caso ainda não tenha visto, clique aqui.

Após alguns anos investindo no exterior e estudando as opções e as corretoras para os brasileiros, cheguei a conclusão que a Avenue é a melhor opção. Ela é totalmente em português, emite relatórios detalhados para lançamento no imposto de renda além de várias outras ferramentas de análise e estudos.

Se quiser abrir conta na Avenue, clique na imagem abaixo e você terá direito a 10 corretagens grátis. Eles possuem dois planos, um de corretagem grátis que limita algumas ferramentas de análise e outra chamada Premium que cobra uma corretagem a partir de 1 dólar e te da acesso às ferramentas de análise.

Avenue corretora

Para abrir a conta você não paga nada e pode já ir estudando como investir no exterior gratuitamente e se familiarizando com a plataforma. Todo o suporte da corretora é em português. Posso trazer mais detalhes sobre a Avenue caso seja do interesse de vocês.

Considerações Finais

Existem diversos tipos de investimentos disponíveis no mercado. O ETF é maus um deles e proporciona um retorno mediano com baixo risco. Ele possui muitas vantagens em relação a outros produtos mas também possui desvantagens quanto a tributação.

Enquanto no Brasil os ETF não são tão vantajosos assim para o investidor, por conta da tributação, no exterior a coisa muda de figura. Além de termos muitas opções, ainda estamos investindo em moeda forte e temos isenção de imposto nas vendas de até 35 mil reais.

Com base nessas informações agora você pode decidir onde investir e também qual segmento estudar mais. Lembre-se, sempre estude bastante antes de investir seu dinheiro. Conheça os riscos, as vantagens, desvantagens e outros aspectos importantes. Não invista pela mídia nem por notícias.

Selva!

MEN

Leave a Reply